Para uma melhor experiência neste site, utilize um navegador mais moderno. Clique nas opções abaixo para ir à página de download
Indicamos essas 4 opções:

Google Chrome Opera Mozilla Firefox Microsoft Edge
Ok, estou ciente e quero continuar usando um navegador inferior.

Peregrinos percorrem mais de 40 km até Santuário de Treze de Maio

Uma caminhada de fé e esperança. Peregrinos caminham entre Lauro Müller e o Santuário de Nossa Senhora Aparecida em Treze de Maio

Por Ligado no Sul13/10/2022 12h12
Foto/Reprodução

Todos os anos o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, em Treze de Maio recebe milhares de fiéis. Neste ano, guiados pela fé, um grupo de 42  peregrinos de Lauro Müller, percorreu 42 km a pé entre às 20 horas de terça e 5h da manhã de quarta-feira, dia 12, o objetivo, fazer o caminho até o Santuário de Nossa Senhora em Treze de Maio.

Para os católicos, o dia 12 de outubro não é apenas o Dia da Crianças e sim, o  dia de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil. Neste ano  o aparecimento da imagem de Nossa Senhora Aparecida completa 305 anos.

A história da padroeira que emociona muitos devotos e move a fé de milhões de fiéis, começa no ano de 1717. De acordo com a Igreja Católica, no referido ano, a imagem foi descoberta por pescadores no Rio Parnaíba do Sul, na região da antiga Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá, em São Paulo.

Os três homens foram encarregados de conseguir peixes para um banquete que seria servido ao então governador da província paulista. Os pescadores, no entanto, não encontraram peixes. Eles só conseguiram pescar depois que a imagem foi encontrada quebrada, com o corpo separado da cabeça, e colocada dentro do barco.

Esse é considerado o primeiro milagre e, também, o fato que deu origem ao nome de “Aparecida” para a Santa.

Ainda de acordo com a Igreja, no século XIX, o então Príncipe Regente, Dom Pedro I, passou pelo Santuário de Aparecida e lhe prometeu consagrar o Brasil caso sua complicada situação política foi resolvida.

Em atribuição a realização do pedido, a Princesa Isabel, herdeira do trono brasileiro, mandou fazer um manto ornado com 21 brilhantes, que representavam as províncias e a capital do Império.

Anos depois, a princesa mandou fazer uma coroa de ouro 24 quilates cravejada de brilhantes. A coroa serviu, 20 anos depois, para a coroação da Imagem, por ordem do Papa São Pio X.

Nossa Senhora Aparecida só ganhou o título de Padroeira do Brasil em 1930. A grande festividade em celebração a Santa Católica ocorreu em maio de 1931, quando a imagem saiu de Aparecida para o Rio de Janeiro.

A celebração só passou para 12 de outubro quando a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil propôs a mudança durante uma Assembleia em 1953. Uma das justificativas apresentadas foi a aproximação com o período do ano em que a imagem foi encontrada. Não há registros históricos da data exata em que a imagem foi encontrada no Rio Parnaíba do Sul, mas, segundo a Igreja Católica, ela foi encontrada na segunda quinzena de outubro.

A data passou a ser oficialmente um feriado nacional a partir de 1980, quando foi promulgada a lei nº 6.802, pelo presidente João Figueiredo no dia 30 de junho do referido ano.

0
0

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa notícia

VER MAIS NOTÍCIAS