Para uma melhor experiência neste site, utilize um navegador mais moderno. Clique nas opções abaixo para ir à página de download
Indicamos essas 4 opções:

Google Chrome Opera Mozilla Firefox Microsoft Edge
Ok, estou ciente e quero continuar usando um navegador inferior.

A hora é agora! Por Ana Maria Dalsasso

Por Ana Maria Dalsasso28/09/2022 19h34

Estamos a poucos dias da eleição mais importante na história de nosso país. Hoje somos muito mais esclarecidos e devemos estar conscientes do nosso compromisso ao escolher quem conduzirá os destinos de nossa pátria e, consequentemente, de nossas famílias, o maior patrimônio que Deus nos deu. Por dever e direito temos a responsabilidade e a liberdade de escolher aqueles que nos representarão nos próximos quatro anos.

Na era da internet nada mais fica escondido. São enxurradas de (des) informações para todos e a todo momento.  Pelas redes sociais tivemos tempo suficiente para analisar propostas, intenções, atitudes e vida pregressa de cada candidato. A decisão é nossa, por isso nosso voto tem de ser bem pensado, consciente e inteligente, pois é através dele   que o poder de governar e fazer as leis se origina. Ele é a nossa maior arma para mudar os destinos do país e podermos usufruir nossa liberdade. É individual, mas suas consequências refletem na essência da sociedade: a coletividade. E, pensar no coletivo na hora do voto é pensar no futuro das próximas gerações, pois a mudança só acontecerá se todos nós, independente de ideologia política, cor, raça, posição social, situação econômica, assumirmos o compromisso com o país. Se escolho mal meus representantes coloco em risco o bem-estar de todos, pois quem administra deve fazê-lo para o povo e não para uma sigla partidária.

Vivemos num país abençoado por Deus; um país capaz de dar aos nossos descendentes uma vida digna, próspera e plena. No entanto, hoje se dissemina, através das mídias de comunicação, uma total inversão de valores na sociedade, que ganhou mais força e destaque na campanha eleitoral, quando muitos candidatos, para garimpar votos, abraçaram bandeiras nocivas à sociedade, a exemplo de liberação de drogas, aborto, ideologia de gênero, e tantas outras ideias que vão na contramão dos valores defendidos pela família. A internet escancarou as portas e chegamos ao limite da tolerância quanto à corrupção e ansiamos por políticos mais comprometidos com o bem-estar e desenvolvimento da nação.

A hora é agora…. As urnas nos esperam…. É a oportunidade que temos de limpar da política brasileira a corrupção, votando com consciência, lembrando que só há políticos corruptos porque existe povo corrupto.

Talvez não encontremos o candidato com o perfil que gostaríamos, mas vamos procurar aquele que mais se aproxima do ideal, votando com a RAZÃO e não com o CORAÇÃO.

Críticas e/ou sugestões pelo e-mail: [email protected]  ou WhatsApp:  999274742.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe essa notícia

VER MAIS NOTÍCIAS