15/04/2021  às 10hs47 - Atualizado em 15/04/2021  às 11hs32

Política

Direito de resposta: Prefeito Jorge Koch responde declarações feitas por proprietário da empreiteira


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


A Rádio Guarujá repercutiu, na manhã desta quinta-feira, dia 15, a entrevista disponibilizada pelo morador de Orleans e assessor parlamentar do deputado estadual Jessé Lopes, Gelson Bolsonaro, que conversou com o proprietário da RS Engenharia e Construções, o engenheiro civil Renan Guimaraes Pires Spernau. Confira neste link.


Em seguida, a respeito da repercussão do assunto, o prefeito afirmou que a intenção é a de "politizar". "Primeiro cobravam. Fizemos de tudo para que a obra continuasse. Ligamos, intimamos, notificamos e a empresa não veio. Nós rompemos. Agora ficam ouvindo todo mundo. Quem é que tem razão? Para mim, a Prefeitura", declarou.


"Na entrevista, eu justifiquei o motivo de a empresa estar parada. A empresa realmente não entrou mais em contato conosco. Tentamos várias ligações, várias vezes, e não nos atenderam mais. Nós demos como abandono da obra. A única coisa que fizemos foi romper o contrato com a empresa de forma unilateral. Ela queria romper bilateral, para que a empresa desistisse e nós desistíssemos em conjunto. Nós entendemos que não, que nós vamos romper de forma unilateral, por falta de trabalho, por abandono da obra. Multamos a empresa no valor de 20% do contrato e ela ficará um ano sem concorrer a licitações no Município de Orleans", acrescentou.


A respeito da demora para disponibilizar o acesso de água e energia elétrica no local e também a de alterações ao projeto inicial, não houve esclarecimento.


15/04/2021  às 10hs47