15/03/2019  às 13hs09

Geral

Três faixas elevadas em menos de 600 metros na Rua Edgar Cunha, em Orleans

Prefeito Jorge Koch esclarece que a medida visou proporcionar a democratização da via pública e garantir a segurança dos usuários.


Foto: Ketully Beltrame

Foto: Ketully Beltrame


Os motoristas que transitam pela Rua Edgar Cunha, revitalizada recentemente no bairro Conde D’Eu, em Orleans, precisam passar por três faixas elevadas para travessia de pedestres em um trecho de 575 metros. A necessidade dos “redutores de velocidade” tem sido questionada por usuários da rua. Contudo, de acordo com o prefeito Jorge Koch, o projeto da pavimentação, sinalização e reurbanização da rua foi planejado para garantir, principalmente, a segurança de pedestres e ciclistas.


“É uma estrada nova, moderna e bastante movimentada, na saída da Rodovia Serramar, que dá acesso a Orleans. O projeto desta via foi pensado para que ela seja uma referência para a cidade. Fizemos um trabalho de democratização do trânsito, visando a segurança, para que o uso dela seja harmonioso entre pedestres, ciclistas e motoristas. Para nós, interessa a vida humana. Ali é uma via de trânsito lento, de 40 quilômetros por hora, de entrada e saída da cidade. Portanto, todo cuidado é pouco. Além disso, há diversos comércios e a sede do Samae no local, então há bastante movimentação de pessoas”, esclareceu.


Em novembro de 2017, durante a assinatura do convênio para a pavimentação, realizada em cerimônia nas dependências do Centro de Vivências do Unibave, o arquiteto e urbanista, Roberto de Oliveira Cabral, que faleceu em outubro do último ano, apresentou as melhorias que seriam realizadas. Na ocasião, ele esclareceu que, ao elaborar o projeto, o intuito foi o de aumentar a segurança viária; proporcionar melhor fluidez no tráfego de veículos, ciclistas e pedestres; aumentar mobilidade urbana e a acessibilidade; diminuir do tempo de viagem; e democratizar o uso do espaço urbano público.


A rua que dá acesso à Rodovia Serramar, na saída para o distrito de Pindotiba, tem uma extensão de 575 metros. Além da pavimentação asfáltica e das faixas elevadas, a via conta com ciclovia, pista de caminhada, calçadas revitalizadas, ponto de ônibus, bancos para pedestres e vegetação. Com as obras realizadas, também foi ampliado o número de vagas de estacionamento. Atualmente, há 60 vagas para automóveis, sete para motocicletas, uma para idoso, uma para deficiente físico, espaço para carga e descarga e paraciclos.


O investimento foi de aproximadamente R$ 1 milhão. Ele foi realizado através de parceria com o Governo de Santa Catarina, por meio da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Criciúma. Foram utilizados recursos do Governo do Estado, através da Secretaria Estadual da Infraestrutura, na ordem de R$ 879.713,61 e contrapartida da Prefeitura de Orleans, no valor de R$ 117.427,55, com recursos do IPTU. As obras, realizadas pela empresa orleanense BCL Empreendimentos, estão na fase final. A inauguração está prevista para o próximo mês.


A revitalização da Rua Edgar Cunha era uma reivindicação antiga de vereadores e moradores. A via estava bastante precária e representava um contraste para quem saía da rodovia da Rodovia Serramar, que liga a serra e o litoral e chegava à via urbana, causando uma má impressão da cidade. Agora, a intenção é que o rua sirva de modelo para futuros projetos.


Redação Notícias JH


15/03/2019  às 13hs09