16/07/2018  às 08hs04

Polícia

Suspeito de homicídio será ouvido

O homem está preso desde quinta-feira, em Peruíbe, São Paulo, onde foi capturado.



Está previsto para terça-feira o interrogatório do suspeito de ter assassinado a facadas Robson Vieira, de 36 anos. O homem está preso desde quinta-feira, em Peruíbe, São Paulo, onde foi capturado. Ele será trazido para Capivari de Baixo, local do crime, para então ser ouvido. A morte de Robson aconteceu no dia 30 de junho.


De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vandilson Moreira da Silva, após coleta de informações, e com três dias de diligências, a Polícia Civil já possuía a identificação do suspeito. Com as provas apresentadas pela investigação, o delegado representou pela prisão do suspeito.


“Após descobrir o paradeiro do suspeito, que fugiu no dia seguinte ao crime, entramos em contato com os policiais da cidade, repassamos a localização do homem e em cerca de 1h ele já estava preso”, comenta o delegado. O investigado segue recluso, e na segunda-feira será trazido para Capivari de Baixo.


Vandilson conta que o suspeito tem 32 anos, possui passagens pela polícia pelo uso de drogas e é morador de Capivari de Baixo. Sobre a motivação do crime, o delegado diz que é preciso primeiro ouvir o suspeito. “Trabalhamos com algumas hipóteses. Mas prefiro ter todas as informações para que se possa falar sobre tal”, antecipa o delegado.


Dos fatos já apurados, segundo o delegado, sabe-se que Robson e o suspeito de sua morte eram amigos há pelo menos três meses. Nos dias que antecederam o assassinato, ambos foram vistos juntos e estavam em clima amigável. “A causa dessa morte tão brutal ainda é uma incógnita”, informa o delegado.


 


Fonte: Diário do Sul


16/07/2018  às 08hs04