22/06/2020  às 11hs19 - Atualizado em 23/06/2020  às 08hs27

Geral

Rádio Guarujá faz entrevista exclusiva com o administrador do perfil Orleans Mil Grau Oficial


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


A entrevista mais aguardada finalmente foi ao ar. A Rádio Guarujá reproduziu, na manhã desta segunda-feira, dia 22, o bate-papo feito com exclusividade por nossa emissora, com o administrador do perfil @orleansmilgrauoficial no Instagram, que soma quase 9 mil seguidores e conta com 40 mil acessos semanais. 


Para que o responsável pela página se mantenha no anonimato, a condição feita por ele foi para que as respostas fossem através de texto e não por telefone ou presencialmente. Respeitando a vontade do entrevistado, as perguntas foram lidas pela apresentadora Ketully Beltrame e respondidas pelo apresentador Robson Lunardi, que foi o porta-voz do Orleans Mil Grau, tal como também sugerido pelo responsável pelo perfil. Confira:


Rádio Guarujá - Como surgiu a ideia de criar o perfil?


Orleans Mil Grau - A ideia surgiu com a chuva de memes no Whatsapp e Facebook relacionadas ao “Decreto do Seminário”. As pessoas tinham comprado a ideia dos memes, e estavam produzindo este tipo de conteúdo com cunho político. Aproveitando essa polêmica, e criado o interesse por memes, surgiu o Orleans Mil Grau, que conseguiu atrair seguidores tanto de quem queria revogar o decreto, quanto de quem era a favor do decreto. O nome vem de inspiração em páginas como o “Floripa Mil Grau” (Instagram) e até́ o “Braço do Norte Mil Grau” (Facebook).


Rádio Guarujá - Quais são as suas fontes?


Orleans Mil Grau - Principalmente as redes sociais: Facebook e Instagram. As próprias pessoas que aparecem no “perfil” publicaram, em algum momento, as fotos ou os vídeos, ou deixaram alguém publicar. Um site como o “Fotos de Orleans” também é um importante acervo. Até a página da Guarujá no Facebook já serviu de fonte. Aliás, que saudade das entrevistas do Robson Lunardi com os ícones da cidade. E depois que o milgrau tomou notoriedade, as pessoas passaram a enviar conteúdo por direct, pois querem compartilhar a alegria de seus familiares e amigos.


Rádio Guarujá - Como você faz para obter tanto conhecimento a respeito da cidade e seus moradores?


Orleans Mil Grau - A cidade é rica em histórias e em ícones. Não existe outra cidade do tamanho de Orleans que tenha tantos personagens e folclore quanto ela. Esse conhecimento não é difícil de obter, se trata de bastante filosofia de “boteco”.


Rádio Guarujá - De onde vez tanta criatividade e genialidade?


Orleans Mil Grau - Acho que vem da água do SAMAE ou do sambinha de Natasha com coca.


Rádio Guarujá - O @orleansmilgrau é mantido por uma pessoa ou uma equipe?


Orleans Mil Grau - O perfil é mantido pelas próprias pessoas de Orleans. Sem elas, o perfil não existiria.


Rádio Guarujá - Qual post/personagem mais viralizou?


Orleans Mil Grau - O meme do Dedé, vendendo picolé e fazendo o prédio desabar foi um grande sucesso, copiado por outras páginas de humor, que infelizmente não citaram a fonte. Mas, o que mais viraliza, atualmente, porque o povo gosta, é de polêmica. Quando o fato é de alguma forma polêmico chovem likes e comentários. O último viral é o post do “exemplo de solidariedade” no João Paulo II, aquele que a galera se reuniu para não deixar o muro cair. Se colocar num contexto geral, os posts de sexta-feira e de véspera de feriados, os queridos “Decretos”, são os posts de maior fidelidade do perfil, aqueles que os seguidores aguardam ansiosamente pelas 18h para ver publicado e enviam conteúdo para aparecer nele, o que faz a página possuir mais de 40 mil acessos por semana.


Rádio Guarujá - Qual foi a polêmica que mais aqueceu a Cidade das Colinas?


Orleans Mil Grau - Com certeza, o “Decreto do Seminário”.


Rádio Guarujá - Quais cuidados você toma para fazer humor de forma responsável?


Orleans Mil Grau - O equilíbrio entre humor e respeito. O perfil brinca e publica muita gente, onde a maioria gosta, outros não. Alguns não gostavam, criticaram, e passaram a gostar. O cuidado que o perfil busca é saber o limite entre o que se pode brincar e tentar saber o limite de até onde se pode brincar.


Rádio Guarujá - Você já precisou apagar alguma postagem?


Orleans Mil Grau - Sim. Quando a pessoa com quem foi feita a brincadeira se sente de algum modo ofendida, ainda que a publicação não tenha qualquer sentido pejorativo ou similar, e entra em contato, se busca tirar o conteúdo da página imediatamente. Pra citar uma situação, foi revogado um decreto que se brincou com um padre. Ele não se sentiu ofendido, mas, por conta do alcance das postagens, “choveu” mensagens em seu Whatsapp, e isso lhe incomodou um pouco. Logo mais, quando as mensagens cessaram, ele disse que poderia deixar no ar o conteúdo, mas já era tarde, e a exclusão já tinha sido realizada. A razão de o perfil continuar no ar é poder proporcionar um pouco de alegria em meio a correria e agitação do dia a dia, e também mostrar, nos decretos, por exemplo, que pessoas que encontramos pelos corredores das nossas ruas da cidade também têm vida, família, amigos e acima de tudo são alegres, e é por isso que muito conteúdo é encaminhado.


Rádio Guarujá - Em sua opinião, por que a página faz tanto sucesso?


Orleans Mil Grau - O povo de Orleans é feliz, gosta de memes e interagir no meio das polêmicas, e ter um conteúdo regionalizado certamente cria um maior interesse. As pessoas que buscam humor encontram ele na página e aquelas que procuram um pouco de ironia em meio às polêmicas também encontram esse tipo de conteúdo.


Rádio Guarujá - É difícil se manter no anonimato?


Orleans Mil Grau - Nem tanto. Algumas pessoas querem tirar o véu do rosto do Orleans Milgrau, mas se ele for exposto certamente perderá um pouco do brilho da página.


Rádio Guarujá - Já enviaram recebidos ou propostas de publicidade à página?


Orleans Mil Grau - Nunca foi recebido nada, mas já foi solicitado várias vezes que o perfil fizesse publicidade comercial e todas foram recusadas. O intuito do perfil, no momento, não é o comercial. As menções feitas a eventos, estabelecimentos, locais e produtos são realizadas de boa vontade, apenas para impulsionar algo ou alguém, sem qualquer tipo de promessa ou interesse de benefício, sem deixar de lado o humor.


Rádio Guarujá - Descreva o seu propósito de vida em uma frase.


Orleans Mil Grau - Contribuir para uma Orleans mais alegre. Hashtag “pas”.


Rádio Guarujá - Quem é você?


Orleans Mil Grau - Olha, tantos nomes já foram veiculados sobre ser a pessoa por trás do perfil, mas nenhum acerto.


Para ouvir a entrevista na íntegra, clique aqui.


22/06/2020  às 11hs19