18/04/2019  às 16hs13 - Atualizado em 18/04/2019  às 16hs15

Geral

Personal shopper: uma experiência de compras guiada e exclusiva com Anne Veran

Contar com o apoio de um expert em moda na hora das aquisições tornará a escolha muito mais certeira. Isso é possível através dos serviços de um personal shopper, o “guru das compras”.


Anne Veran é formada em Moda pela Unisul e soma experiência como blogueira há três anos – Foto: Arquivo pessoal

Anne Veran é formada em Moda pela Unisul e soma experiência como blogueira há três anos – Foto: Arquivo pessoal


A moda vai muito além de tendências. Ela influência na imagem pessoal e, consequentemente, na mensagem que você deseja transmitir. Contudo, isso pode não refletir o que de fato você é a mensagem que se quer passar. Realçar a beleza, respeitando as características e o estilo de cada pessoa, é fundamental para isso. E esta é uma das funções do personal shopper.


“Este trabalho pode transformar a imagem e abrir portas até mesmo na área profissional”, explica Anne Veran, designer de Moda e blogger. Segundo ela, este profissional irá contribuir para os inúmeros momentos de dúvida quando o assunto é moda. “Qual roupa fica melhor em determinado tipo de corpo, qual modelo é mais apropriado para determinada ocasião e por aí em diante. O personal shopper é o profissional ideal para ajudar nos momentos de indecisão. Da análise do seu guarda-roupas à escolha do look perfeito, tudo isso para fazer da sua imagem o seu melhor cartão de visita”, pontou.


A designer de Moda, blogueira e influenciadora digital, que também atua como personal shopper, falou mais sobre esta profissão. Confira:


1) Como funciona o serviço de acompanhamento durante as compras?


O cliente irá contratar o personal shopper para determinada ocasião, tal como formatura, casamento, eventos corporativos e entre outros. O profissional irá visitar as lojas que mais se identificam com seu cliente e juntos irão escolher os looks ideais para cada evento. Será analisado o corte que valoriza o corpo, as cores que se destacam e o modelo que é mais indicado para a ocasião. Caso o cliente não tenha tempo disponível para visitação em loja, o personal pode levar as peças até a sua casa para que prove e juntos escolham os modelitos.


Além de eventos, o cliente pode solicitar o serviço do personal shopper para estudar seu guarda-roupa e realizar as compras das peças que estão faltando.


2) O serviço também conta consultoria, para que as pessoas entendam mais sobre o que fica melhor para seu corpo e estilo?


Sim. A consultoria de imagem é algo mais expansivo. Porém, no serviço de personal shopper sempre fazemos análise de biotipo, estilo pessoal e rotina de trabalho e, após uma breve entrevista, chegamos aos resultados e as dicas são repassadas aos clientes.


3) Raio-X no guarda-roupa. É possível aproveitar melhor as peças que já possui? Cite algumas dicas.


Com certeza! Estamos sempre consumindo as roupas da moda e tendências de cada estação e muitas peças podem ser aproveitadas em outros momentos, com outros looks e em diversas composições.


O jeans, por exemplo, é uma peça que dá para montar muitos looks diferentes, do casual à balada. Os blazers que também podem ser usados em composes para trabalhar em escritórios e, mudando as peças, você vai com ele para o happy hour. Basta ter criatividade e uma boa orientação profissional.


4) Qual a importância da imagem pessoal nos dias atuais?


Importância total! A nossa imagem fala sobre quem nós somos, o que nós estamos sentindo e o que queremos transmitir para o mundo. Tem dias que acordamos tristes e, automaticamente, não temos vontade de montar uma produção, não é mesmo? Isso reflete nosso interior e as pessoas já conseguem fazer essa leitura. Da mesma forma, quando estamos de bem com a vida, nosso compose já muda. Além dos sentimentos, a nossa imagem é fundamental para nos relacionarmos com outras pessoas, para nos apresentarmos em uma entrevista de emprego, para termos credibilidade em nosso trabalho e passarmos segurança do que estamos fazendo.


5) Cite três dicas para comprar de forma consciente e inteligente:


Primeira: não compre por impulso! Se você não pode gastar no momento e sabe que controle nas compras não é seu forte, evite entrar em lojas sem necessidade. Escolha investir em peças para ocasiões novas, um aniversário que está chegando, um evento da empresa, uma confraternização com os amigos etc. Não compre uma roupa apenas por comprar.


Segunda: aposte em peças clássicas, como um bom blazer, um sapato social, cores neutras que combinam com diversas estampas e cortes. Peças clássicas são investimentos, vale a pena pagar mais caro. Por exemplo: homens e ternos. Este tipo de vestimenta é para a vida toda, então invista em um modelo com um ótimo tecido e corte ideal para o seu corpo.


Terceira: abra seu guarda-roupa, elimine peças que você não usou nos últimos dois anos ou que já não servem mais. Após essa "faxina", faça uma doação, pois fará muitas famílias felizes. Das peças eliminadas que não serviam mais, escolha as que são necessárias e invista em modelos novos. Por exemplo: foi eliminado uma calça jeans escura pois já estava desbotando. Tudo certo, procure uma nova e substitua a antiga.


Contato - Anne Veran (48) 99657-2620, Instagram.com/anneveran e Facebook.com/bloganneveran


Redação Notícias JH


18/04/2019  às 16hs13