07/07/2020  às 10hs40 - Atualizado em 07/07/2020  às 11hs21

Saúde

Mulher se manifesta a respeito de gravação com secretário da Saúde de Orleans


Foto: Reprodução Facebook

Foto: Reprodução Facebook


A Rádio Guarujá reproduziu nesta terça-feira, dia 7, uma reportagem a respeito da polêmica envolvendo o secretário da Saúde de Orleans, gerada após a divulgação de um áudio. No Jornal da Guarujá, foram reproduzidas duas ligações telefônicas, em que Fernando manteve contato com Maricelma dos Santos Ricardo para se inteirar do atendimento realizado ao filho dela na Fundação Hospitalar Santa Otília (FHSO), após ele ter fraturado o braço.


Na oportunidade, Fernando teria buscado uma solução para que o filho dela passasse por cirurgia pelo SUS, tendo em vista que na FHSO havia sido passado um orçamento de R$ 4,7 mil para realizar o procedimento na mesma semana. Caso fosse pelo SUS no hospital de Orleans, ele teria que entrar na fila de espera, sem previsão de data. O secretário da Saúde de Orleans propôs então que ela fosse até o Hospital São Donato, de Içara, fingindo que o adolescente tinha acabado de se machucar. Maricelma respondeu a ele que não sabia mentir.


Em seguida, foi reproduzido o áudio de Fernando de Fáveri, que se defendeu dizendo que a mulher havia entrado em contato com ele e que ele foi “vítima de um grande golpe da velha política”. Contudo, as gravações das ligações telefônicas mostram que o contato foi feito pelo secretário. Por fim, foi ao ar a entrevista com Maricelma, que deu sua versão a respeito do fato à Rádio Guarujá. Ela disse que estão a acusando de armação e negou que tenha feito algo de má fé. “Ele disse que a verdade prevalece. Eu digo outra coisa pra ele: no caso, a mentira permanece até quando a verdade não chega”, afirmou ela. Segundo Maricelma, após a oferta do secretário ter sido negada, o adolescente conseguiu fazer a cirurgia com o Dr. Diego Padão, em Criciúma, de forma gratuita.


O caso gerou repercussão nas redes sociais e dividiu opinião e a Rádio Guarujá trouxe todas as versões a respeito do ocorrido para que os ouvintes tirem suas próprias conclusões. Confira as entrevistas completas na íntegra neste link.


07/07/2020  às 10hs40