11/10/2019  às 11hs02 - Atualizado em 11/10/2019  às 11hs09

Política

IBGE inicia os preparativos para o Censo Demográfico 2020 na região

A cada dez anos, o IBGE, através do Censo Demográfico, produz informações socioeconômicas que permitem traçar um retrato fiel do país.


Foto: Licia Rubinstein Agência IBGE Notícias

Foto: Licia Rubinstein Agência IBGE Notícias


Qual é o tamanho da população brasileira? Em que condições vive? Como se distribui no Território Nacional? Qual é o nível de escolaridade? Quais as condições de emprego e de renda? Qual a pirâmide etária brasileira? Estas e muitas outras perguntas serão respondidas pelo Censo Demográfico, que será realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2020, em todos os domicílios do Brasil e abrangendo todos os habitantes.


O principal intuito é conhecer em detalhe como são e como vivem os brasileiros, através de dados socioeconômicos extremamente importantes para o governo e para a sociedade. Através do Censo Demográfico, é possível obter informações atualizadas e precisas, que são fundamentais para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas e para a realização de investimentos, tanto do governo quanto da iniciativa privada, além executar com eficácia ações imediatas e planejar com segurança o futuro.


Os preparativos para a realização do Censo Demográfico já iniciaram em todo o Brasil. A Reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo (REPACs) junto a representantes do poder público, de entidades e da imprensa foi realizada em Orleans na quinta-feira, dia 3, e em Lauro Müller nesta segunda-feira, dia 7. Com isso, a intenção é propiciar a participação da comunidade local, dando transparência à operação do Censo Demográfico no município e buscando, junto à sociedade, apoio e parcerias para viabilizar as atividades censitárias.


Como as informações serão coletadas


A fase de coleta do Censo 2020, que compreende a aplicação dos questionários básico e da amostra, será realizada entre os meses de agosto a outubro de 2020. Todo o processo, desde a coleta até a divulgação de resultados, será totalmente informatizado, com a utilização de formulários na WEB e de equipamentos móveis para a coleta de dados. Todos os questionários serão coletados em meio digital.


Serão visitados todos os domicílios do país e qualquer morador capaz de fornecer as respostas às perguntas do questionário pode responder ao recenseador por todos os demais moradores daquele domicílio. Também será possível responder o questionário via internet. Como em Censos anteriores, serão utilizados dois questionários: o da amostra, a ser aplicado em uma fração dos domicílios ocupados, e o questionário simplificado nos restantes. O questionário básico será aplicado em cerca de 71 milhões de domicílios brasileiros e contará com 26 questões. Já o da amostra será aplicado em cerca de 10% dos domicílios particulares permanentes do país, o equivalente a cerca de 7,1 milhões. É um questionário mais detalhado com 76 questões.


O Instituto também apresentou os temas que serão pesquisados: características dos domicílios, identificação étnico-racial, estado civil, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e características dos domicílios.



Receba bem os recenseadores


Os recenseadores serão identificados com colete, boné, crachá e computador de mão. Eles irão coletar as informações através de entrevista direta com perguntas listadas sob a forma de questionário a ser preenchido no computador de mão. “Uma das maiores dificuldades hoje em dia é que as pessoas abram a porta de sua casa para alguém que não conhece. Por isso, é fundamental que as pessoas saibam a importância das estatísticas e também como podem identificar os recenseadores”, explicou o coordenador de Área do Censo 2020, Gustavo Perez Lemos. Os informantes poderão verificar a identidade de todos os entrevistadores pelo site Respondendo ao IBGE ou pelo telefone 0800 721 8181.



Obrigatoriedade e confidencialidade


Além disso, é fundamental que a população tenha ciência de que as informações coletadas são utilizadas exclusivamente para fins estatísticos. A Lei nº 5.534, de 14 de novembro de 1968, que dispõe sobre a obrigatoriedade de prestação de informações estatísticas, assegura o caráter sigiloso das informações prestadas. De acordo com essa lei, as respostas ao questionário do Censo 2020 são absolutamente confidenciais e serão usadas exclusivamente no preparo de cadastros e séries estatísticas. Sendo assim, o IBGE não fornece informações individualizadas. Também é de extrema importância que as pessoas respondam corretamente.



Processo Seletivo para a contratação de profissionais


Estão abertas as inscrições para a função de Coordenador Censitário de Subárea (CSS), com remuneração de R$ 3,1 mil, com vagas para Criciúma, Içara e Urussanga. As inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de outubro, através do site da Fundação Getúlio Vargas, banca organizadora do processo seletivo. A taxa é de R$ 58 e o pagamento deverá ser feito até 1º de novembro. As provas estão previstas para 8 de dezembro e serão realizadas em todos os municípios onde há vagas.


A exigência para a função é Ensino Médio Completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) definitiva ou provisória, dentro do prazo de validade, no mínimo para categoria B. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Os contratados terão direito aos auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, além de férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação que regulamenta este tipo de contratação. O período máximo da contratação é de 12 meses, podendo ser prorrogado de acordo com a Lei nº 8.745/93. O desempenho dos contratados será avaliado mensalmente.


A estimativa da população de Orleans é de 22.912 habitantes e de domicílios a serem visitados é de 7.150. Em Lauro Müller, estima-se 15.244 habitantes e 4.900 domicílios. Em Orleans, a equipe será constituída de 22 recenseadores - com inscrições abertas a partir de março de 2020 - e três Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS) - com inscrições abertas a partir de fevereiro de 2020. Em Lauro Müller, serão 14 vagas para recenseadores e três para ACM e ACS.


Censo Demográfico em números


Mais de 211 milhões de habitantes;


Aproximadamente 71 milhões de endereços a serem visitados;


5.570 municípios e 27 Unidades Estaduais abrangidos;


Mais de 230 mil pessoas contratadas, temporariamente, para os trabalhos de coleta de dados, supervisão, apoio técnico-administrativo e apuração dos resultados;


560 Agências do IBGE, 6.100 Postos de Coleta Municipais e 1450 Coordenações Regionais.


Apresentação de resultados


Preliminares: a partir da segunda quinzena de dezembro de 2020.


Finais e análises: a partir do segundo semestre de 2021 até o início de 2023.


Todos os resultados serão apresentados no portal do IBGE na Internet e em meio impresso.


11/10/2019  às 11hs02