15/03/2019  às 06hs19

Geral

Gasolina: Preço dispara na região e pode ter novo reajuste

O litro da comum passou para R$4,08 na maioria dos postos de combustíveis



Tubarão


 


O catarinense se assustou nos últimos dias com o reajuste no preço da gasolina. Há pouco mais de duas semanas, a maioria dos postos vendia o litro do combustível por R$ 3,88. Agora, é raro encontrar o produto a menos de R$ 4,08. Alta de R$ 0,20. E no ‘Dia Internacional do Consumidor’, ele (a) deve ficar atento, porque a Petrobras autorizou para este dia, um novo aumento nas refinarias a partir de 1,5%.


A maioria dos estabelecimentos consultados pelo Notisul aumentou os preços nesta semana.  A alta apresentada desde o último dia 26 é de 20 centavos na maioria dos postos. Na região da Amurel, o preço da gasolina mais barata está R$3,88 na promoção, porém, o cliente deve ter o cartão de fidelidade do posto de combustíveis. O maior valor foi encontrado é de: R$ 4,08.


Conforme o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de combustíveis e derivados da Grande Florianópolis, Lurran Nascimento de Souza, uma série de fatores contribuem para o aumento entre eles custos com o imóvel, dependendo da localização. “Recentemente houve um acréscimo de 27 centavos só da Petrobrás. Além disso, o anidro, que é utilizado no combustível teve um impacto de mais alguns centavos. Há sempre variações de preços”, pontua.


Do dia 5 do mês passado até esta quinta-feira (14), o preço nas refinarias subiu R$ 0,27, sem baixas, conforme mostram informações disponíveis no site da Petrobras. Somente neste mês, foram cinco reajustes. Há pouco mais de 2 anos, os motoristas têm visto uma ‘gangorra’ nas bombas de combustíveis, quando a Petrobras adotou a política de reajustar os preços de acordo com o mercado - principalmente com o valor do barril do petróleo e do dólar.


15/03/2019  às 06hs19