26/01/2021  às 15hs07

Política

Entrevista com Léo Füchter, secretário de Administração, Finanças e Planejamento de São Ludgero


Foto: Iago Telles

Foto: Iago Telles


Na rodada de entrevistas com secretários de cidades da região, a Rádio Guarujá ouviu, nesta terça-feira, dia 26, o secretário de Administração, Finanças e Planejamento de São Ludgero, Léo Füchter.


Na oportunidade, ele fez um balanço da pasta no ano de 2020, no que diz respeito aos reflexos da pandemia na economia do Município. Conforme o secretário, a adimplência do IPTU, que superava 80%, passou para pouco mais de 60% no último ano. Apesar disso, foi possível manter a saúde financeira. O Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis) e o IPTU 2021 também foram assuntos abordados pelo secretário, que adiantou alguns detalhes aos cidadãos são-ludgerenses.


"Medidas de contenção foram tomadas para que tivéssemos condições de vencer o ano e honrar os compromissos para que a Prefeitura de São Ludgero continuasse sadia como sempre foi. Graças a Deus, fomos vitoriosos nesta empreitada. Terminamos o ano com saldo em caixa e demos início à licitação de uma escola no bairro Encosta do Sol com reservas de recursos próprios. Ainda conseguimos guardar dinheiro no ano passado. Isso foi fruto não de movimento a mais de capital, mas de economias feitas durante o ano e da contenção de gastos e despesas, fazendo investimentos somente naquilo que era necessário", pontou.


Para este mandato, Léo Füchter ressalta que o foco é o cumprimento da 64 metas estabelecidas no plano de governo. Para isso, a gestão dos recursos e o planejamento são fundamentais. "São 64 metas em 48 meses. Tudo isso custa dinheiro, então tem que ter levantamento financeiro e tem que prever também quais os custos futuros disso, para que a Prefeitura tenha condição de seguir saudável. Hoje gerimos uma 'empresa' de 330 funcionários e orçamento de R$ 50 milhões/ano. Então não é algo pequeno e fácil, mas complexo. Temos que seguir organizando e tentando prever tudo o que nos ameaça e traz dificuldade no futuro e já ter atitude planejada para tudo isso", ressaltou.


Confira a entrevista completa neste link!


26/01/2021  às 15hs07