12/07/2018  às 15hs19

Geral

Caminhoneiro de Tubarão teve morte cerebral constatada



O caminhoneiro Geverson Moraes, o "Chero", de Tubarão, que sofreu um AVC no domingo (8), teve morte cerebral confirmada, segundo informaram a família e o patrão do motorista. Ele está internado na UTI no Hospital Regional de Barbacena, em Minas Gerais.


A irmã Kátia contou ao Notisul que o médico responsável aguarda o laudo para confirmar a morte cerebral, mas que o caso dele é irreversível. Chero não era casado e não tinha filhos. Ele têm 4 irmãos e o pai ainda é vivo. A mãe dele morreu há cerca de dois meses.  "Não nos reuperamos ainda da perda da nossa mãe, agora temos que lidar com isso. Estamos sem ação, muito chocados", diz a irmã.


Amigos e a família ainda acompanham tudo a distância. De acordo com um colega de Chero, também caminhoneiro e amigo de infância, ele se sentiu mal no domingo à noite e foi para o caminhão descansar. 


Na segunda-feira (9) pela manhã, outros motoristas tiveram que chamar o Samu para socorrê-lo, pois já estava com dificuldade para se movimentar.  


Ele estava com o caminhão estacionado em uma fábrica de cimento em Carandaí, onde foi socorrido e levado para um hospital local. Mas devido à gravidade da situação, foi transferido para o Regional de Barbacena. A informação é do portal Notisul.


12/07/2018  às 15hs19